Pessoa na praia em frente ao pôr do sol fazendo alongamento

Saúde perfeita é uma realidade ou ilusão?

Diariamente, somos submetidos a conselhos do tipo: faça exercícios, coma bem, durma direito, medite etc. Tudo isso para quê? Para buscar a tal da saúde perfeita. No entanto, será que ela realmente existe ou é uma utopia, um estereótipo? Bom, talvez não haja mesmo uma resposta única, mas a discussão é válida.

Por exemplo: imagine um diabético com a doença em níveis controlados. Esse paciente tem o peso ideal, um sistema cardiovascular em pleno funcionamento e nenhum outro problema de saúde significante.

Nesse quadro, alguns dirão que ele tem a saúde perfeita dentro das suas condições. Porém, outros podem achar que sua doença crônica invalida a perfeição. Independentemente de ser possível alcançar a saúde perfeita ou não, o fato é que hábitos saudáveis afastam o risco de enfermidades. E você? O que acha? Que tal refletirmos um pouco mais sobre o tema? Então venha com a gente!

Ditadura da saúde perfeita

Na obra Live a Little! Breaking the Rules Won’t Break Your Health (Viva um pouco! Quebrar as regras não vai estragar sua saúde), a escritora Susan Love defende que a saúde perfeita é um mito.

De acordo com a autora, as exigências para ter uma vida saudável são tantas que acabam se tornando impraticáveis. Por essa razão, ela acredita que se formou uma ditadura da saúde perfeita. Assim, na internet, em revistas, em jornais e na televisão, o tempo todo, tem alguém dizendo o que fazer e o que não fazer.

Susan Love, porém, traz a seguinte reflexão: é necessário se despir da culpa para realmente ser feliz. Nesse sentido, ela afirma que é preciso viver melhor dentro dos limites. Ou seja, abandonar vícios, como fumar, é bom para a saúde, sem dúvidas. No entanto, quando essa preocupação beira o exagero, corremos o risco de desenvolver doenças mentais como a ansiedade e a depressão.

Indústria farmacêutica e tecnologia

E em termos de capacidade de diagnóstico e tratamento? Será que a humanidade já alcançou a saúde perfeita? O escritor John Horgan, diretor do Centro de Ensaios Médicos do Steven Institute of Technology, nos EUA, afirma que a saúde perfeita estaria muito longe de ser alcançada.

Para ele, a indústria farmacêutica, nos últimos anos, passou por imensos progressos em termos de exames e de drogas terapêuticas. No entanto, Horgan traz a seguinte crítica: esse mercado não é capaz de evoluir em males comuns da humanidade, como Alzheimer, doenças do coração e depressão.

Por outro lado, a ABIIS (Aliança Brasileira da Indústria Inovadora em Saúde) considera que estamos bem perto da saúde perfeita. De acordo com a entidade, hoje em dia há mais de 500 mil tecnologias médicas disponíveis.

Para sustentar tal posição, a instituição argumenta, por exemplo, o surgimento da biologia molecular aplicada no tratamento do câncer. Além disso, a ABIIS lembra que novos ramos da ciência médica estão surgindo, o que seria mais uma prova do progresso nesse campo. Assim, a Associação cita áreas do conhecimento como a genômica, a farmacogenômica e a farmacogenética.

Ou seja, nem entre os profissionais mais renomados da medicina há um consenso sobre a pergunta: saúde perfeita é uma realidade ou ilusão?

Busca da saúde perfeita

Por tudo isso, mais do que tentar atingir uma saúde perfeita, o melhor mesmo é adotar hábitos saudáveis que sejam possíveis na sua rotina. Afinal, alguns comportamentos são essenciais para evitar doenças crônicas.

Uma boa alimentação, fazer caminhada, ingerir bastante líquidos são clássicos exemplos de atitudes positivas. Da mesma forma, não exagerar no sal e no álcool também é importante, assim como deixar o cigarro.

Tais atitudes ajudam a reduzir o risco de câncer, de insuficiência renal, de pressão alta, entre inúmeras outras complicações médicas.

Portanto, cada um de nós deve procurar dentro de si a resposta para o que é a saúde perfeita. Contudo, lembre-se de que ser saudável envolve mais do que o corpo: é essencial cuidar das questões da alma e do estado psicológico. Por isso, não permita que a preocupação com a saúde se torne mais uma fonte de estresse. Quer saber como isso é possível? Então leia nosso post com 7 dicas simples de saúde!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *