transição capilar

Faça a transição capilar do jeito certo seguindo estes 4 passos!

Escovas progressivas, definitivas, selagem, relaxamento e alisamentos em geral são métodos químicos que, a longo prazo, causam danos aos cabelos. Se você está cansada deles e deseja assumir os fios naturais, então está na hora de começar sua transição capilar.

Esse procedimento de mudança do visual demanda um pouquinho de paciência, mas, se os passos certos forem dados, é possível passar por ele com tranquilidade e boa autoestima. Ficou curiosa para saber como fazer isso?

Pensando em esclarecer suas dúvidas sobre a transição capilar e ajudá-la no período de aceitação dos cachos, preparamos este passo a passo! Leia a seguir:

1. Abandone os métodos de alisamento

O primeiro passo é, claro, abandonar qualquer método de alisamento, até mesmo a chapinha, o secador e o babyliss. Isso porque o calor desses aparelhos causa danos aos fios, tornando-os mais fracos durante a transição.

É importante, ainda, abrir mão do visual alisado para que você vá se acostumando e aprendendo a lidar com seus cachinhos. Nesse momento de mudança é natural que algumas partes do cabelo fiquem lisas e outras cacheadas, por isso é necessário cortá-las progressivamente.

2. Avalie a necessidade de cortar seu cabelo

A segunda coisa a se fazer é analisar se você quer e precisa cortar o seu cabelo. Quando se fala em transição capilar sempre pensamos em corte químico e todo aquele drama de perder o comprimento dos fios radicalmente.

Porém, nem tudo, literalmente, está perdido. Caso você não queira passar a tesoura de uma vez, deixe que a raiz cresça e vá tirando aos poucos as partes lisas. Agora, se a sua vontade for mesmo investir no visual bem curtinho e cheio de atitude, vá em frente e arrase!

3. Fique atenta à hidratação dos fios

Em meio a todo esse processo de transição capilar, não vale descuidar da hidratação, hein?! Capriche nas máscaras, leave-in, condicionadores, óleos e rotinas de tratamento para que os seus cachos surjam lindos e bem cuidados.

O ideal é lavar as madeixas 3 vezes por semana, aplicando produtos de nutrição e reconstrução entre uma lavagem e outra.

4. Conheça o seu cabelo e tenha paciência

Tenha em mente que agora você passará a lidar com uma versão do seu cabelo que, até então, você não conhecia muito bem. Portanto, é preciso estudá-lo, testar finalizações, penteados e macetes que o deixe bonito e saudável.

Para fazer as pazes com seus cachos, entenda como eles funcionam, qual a textura deles e utilize os produtos adequados ao seu tipo de fio. Além disso, não se esqueça de respirar fundo e ter (muita) paciência. A transição capilar leva tempo, é verdade. Mas por que não aproveitar esse período para descobrir novos visuais e experimentar looks diferentes? A dica é se jogar nessa experiência de autoconhecimento!

Seguindo estes passos e dicas simples, você perceberá que a transição capilar pode, sim, ser um procedimento para fortalecer a autoestima.

Aproveite e acesse nosso guia de cuidados diários para ter cabelos brilhantes e mantenha suas madeixas impecáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *