Depilação

Depilação em casa? Descubra como fazer!

Escolha a forma mais confortável para você.

A depilação por muito tempo foi vista como uma obrigação feminina, mas hoje é encarada como uma opção que varia de mulher para mulher. Existem diversas formas de realiza-la na sua casa, sendo algumas mais dolorosas e outras menos duradouras. Conheça quais são elas, incluindo suas vantagens e desvantagens.

1.Depilador elétrico

Para utilizar esse processo, o pelo deve ter um tamanho de meio milímetro. O produto deve ser encostado na pele e inclinado na direção oposta ao crescimento dos fios, para retirá-los desde a raiz e evitar a quebra. Se utilizado de forma correta, os pelos demorarão, em média, de três a quatro semanas para crescerem novamente.

Uma dica é evitar essa depilação no período menstrual, quando a sensibilidade e a dor aumentam. Também fique longe do sol por três dias, para evitar manchas na pele.

Quanto a dor, é questão de costume. Procure por um modelo que seja anatômico ao corpo, assim o processo é menos dolorido. Você também pode fazer compressas com gelo antes de começar para “anestesiar” o local.

2. Creme

Esse tipo de depilação é mais indicado no caso de urgências, pois é indolor e não retira os pelos por completo. Na verdade, ele corta os fios pelo meio, o que faz com que reapareçam em, no máximo, dois dias. Não esqueça de ler muito bem a embalagem do produto e fazer um teste na área do antebraço para garantir que sua pele aceitará bem o produto. Se sua pele é sensível, prefira os que contêm aloe vera.

3.Lâmina

Sem dúvida esse é o método que toda mulher já usou por ser mais barato e simples de usar. Mas assim como o creme, ele também corta os fios pelo meio, o que diminui a durabilidade da depilação. É recomendado que você use creme de barbear ou outro produto próprio para depilação, para evitar o ressecamento da pele. Também não esqueça de passar a lâmina no sentido do crescimento dos pelos, de cima para baixo, para a sua depilação ter resultados melhores.

4. Cera fria

A cera fria é indicada para quem tem varizes, pois não promove a dilatação dos vasos sanguíneos. Também é uma ótima opção para quem vai viajar, por ser facilmente guardada e transportada.  Para a cera aderir melhor, limpe bem a região que será depilada e aplique talco para retirar a umidade da pele.

5. Cera quente

Pode ser considerada o processo mais indicado, pois o calor dilata os poros da pele, o que facilita a retirada dos pelos e diminui a dor durante o processo. O efeito duradouro é o mesmo da cera fria, pois a remoção é bastante parecida. No entanto, exige um pouco mais de cuidado e tempo do que os demais tipos. Além disso, a temperatura alta pode irritar peles sensíveis.

O que fazer antes e depois da depilação?

Para facilitar o processo e deixa-lo eficaz, é bom que você encontre aliados da sua depilação. Alguns serão utilizados antes e prepararão a sua pele, enquanto outros acalmaram-na depois da retirada dos pelos.

  • Antes
    – Esfoliação: esse hábito, se realizado uma vez por semana, durante o banho, é ótimo para evitar que os pelos encravem. Faça isso ao menos três ou quatro dias antes da depilação.

– Loções pré-depilatórias: limpam e tiram a umidade natural da pele, o que facilita a remoção do pelo. Procure os produtos indicados para o método que você escolher.

Depois
– Utilize cremes com aloe vera:  para melhorar a vermelhidão da pele após a depilação, prefira cremes e óleos com aloe vera pois, além de serem antissépticos, eles diminuem a irritação.

– Água termal: é um bom calmante para todos os tipos de pele e pode ser usada após a depilação.

– Nada de produtos com álcool: Espere mais ou menos 12h antes de passar produtos com álcool. Isso porque a substância agride demais a pele, que fica sensível após a depilação. 

Prontinho. Hora de colocar as pernas e axilas pra jogo sem medo de ser feliz. Gostou desse post? Deixe-nos um comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *